POR QUE A VIRGEM MARIA APARECE NO MUNDO?
A missão de Maria não terminou com sua assunção corporal ao céu. Ela continua a colaborar com Cristo na salvação das almas!
A Virgem Maria, Mãe de Jesus e Mãe da humanidade, nunca abandonou os homens à sua própria sorte. Ela nos recebeu por filhos aos pés da cruz e é fiel a esta missão.
Ao longo da história da cristandade, portanto nesses dois mil anos da passagem de Cristo pela Terra, ela tem marcado sua presença doce, suave, maravilhosamente maternal em centenas de aparições, sinais em imagens, inumeráveis prodígios, especialmente de conversão para Deus, atestados pelos incontáveis testemunhos de pessoas em diversas épocas e de diferentes nacionalidades. Sendo sempre a mesma Nossa Senhora, ela se revela, no entanto, com nomes diferentes, sob os quais passa a ser invocada.
Só para falar das aparições dos últimos séculos: XIX e XX têm entre as mais conhecidas, a aparição à Santa Catarina de Labouré em Paris em 1830 (Nossa Senhora das Graças); às duas crianças em La Salette, em 1846; a Bernardette Soubirous em Lourdes, nos Altos Pirineus (França) em 1858. Já no século XX registra-se a famosa aparição da Virgem em Fátima, Portugal, em 1917, a três pastores, sendo que neste mesmo ano, registram-se os prodigiosos “milagres dos ícones” na Rússia: as reconstituições milagrosas de velhos ícones à medida em as pessoas rezavam, ocorridas em várias localidades do país marxista a partir da Revolução de 1917.
E há as outras APARIÇÕES, menos conhecidas como a da Senhora de Todos os Povos  que apareceu a uma holandesa, Ida Peederman por 56 vezes, entre 25 de março de 1945 e 31 de maio de 1959. 
A aparição de Nossa Senhora do Divino Pranto, à Irmã Elisabeth da Comunidade das Irmãs Marcelinas na Itália, Em 1961, em Garabandal, pequeno vilarejo da Espanha, a quatro meninas; à Elisabeth Kindelmann, em 1962 na Hungria, pedindo para ser invocada a Chama de Amor do Imaculado Coração de Maria, e a muitos outros confidentes espalhados pelo mundo.
Em 1973, em Akita, Japão a uma ex-catequista; em 1976 na Venezuela, à Maria Esperanza, onde se apresenta como Reconciliadora dos Povos; em Ruanda, África de 1981 a 1983 a cinco jovens e uma freira; em Medjugorje, vilarejo da ex-Iugoslávia, a cinco adolescentes, de junho de 1981 até hoje, onde se apresenta como Rainha da Paz.
São Luis Mª de Montfort diz: “Ó meu amável Jesus, aqui me volto um momento para Vós a fim de me queixar amorosamente à vossa divina Majestade, de que a maior parte dos cristãos, mesmo os mais instruídos, não saibam a ligação necessária entre Vós e vossa santa Mãe. Vós estais sempre com Maria, Senhor, e Ela está sempre convosco, nem pode estar sem Vós, pois deixaria de ser o que é. Maria está de tal modo transformada em Vós pela graça, que já não vive, nem existe: só Vós meu Jesus que viveis e reinais nela, mais perfeitamente que em todos os anjos e bem aventurados”.
Continua S. Luiz: "Ah! se os homens conhecessem a glória e o amor que recebeis desta admirável criatura, teriam sobre Vós e sobre Ela sentimentos muito diferentes dos que têm. Ela Vos está tão intimamente unida, que seria mais fácil separar a luz do sol ou o calor do fogo-mais ainda- seria mais fácil separar de Vós todos os anjos e santos, do que de Maria Santíssima. Ela vos ama, pois , mais ardentemente e vos glorifica mais perfeitamente que todas as vossas outras criaturas juntas..."
lamenta-se São Luis: “meu amável Mestre, não é coisa espantosa e lamentável ver a ignorância e as trevas de todos os homens deste mundo a respeito da vossa santa Mãe? Não falo tanto dos idólatras e pagãos que não Vos conhecem e por isso não se preocupam em conhecê-la a Ela. Nem falo sequer dos heréticos e cismáticos, que não cuidam de serem devotos da vossa santa Mãe, visto estarem separados de Vós e da vossa Igreja. Falo dos cristãos católicos e mesmo dos doutores entre os católicos, que não Vos conhecem nem a vossa santa Mãe, senão duma maneira especulativa, seca estéril e indiferente, embora façam profissão de ensinar a verdade aos outros”.
Maria estende a sua mão para todos os que a ela se dirigem. Todos os que trabalham para o bem da Igreja são acompanhados pela Mãe de Deus ainda que de modo invisível.
 Nestas mensagens Nossa Senhora pede oração pela conversão dos pecadores e pela paz do mundo.
O mundo está sobre ameaças, pois logo os homens enfrentarão terríveis crises financeiras que abalarão o mundo. Satanás que já trabalhou para a destruição da Igreja através de falsos profetas afastará uma grande multidão da Eucaristia, afim de as almas não obtenham forças nestes dias de tribulações que vivemos.
Muitos que até aos dias de hoje não praticaram as mensagens deixadas em Fátima clamarão por Maria naqueles dias e Ela fará grandes milagres para mostrar-lhes a importância do amor ao seu Imaculado Coração.
 
 

Um comentário:

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com