Lourdes e a Mediação Universal de Nossa Senhora
 A Vontade de DEUS é que recebamos tudo por MARIA,
Ela pode tudo junto dAquele que tudo pode!
De fato, ninguém vai a Deus Pai senão através do Filho, entretanto, foi o mesmo Jesus Cristo que veio até nós através de uma criatura colocando-a como medianeira nesse processo de salvação das almas...
A realeza de Nossa Senhora está numa conexão íntima com o fato de Ela ser o canal de todas as graças. Ela é a Rainha de tudo porque todas as graças passam por Ela.
Todas as graças que são dadas aos homens, são dadas por Deus pelas mãos dEla. Todos os pedidos que os homens fazem são apresentados por meio dEla. E se todos os santos e anjos do Céu pedissem algo que não fosse por meio dEla não obteriam. Ela sozinha, pedindo sem nenhum deles, obtém. De tal maneira o foco da predileção Divina se concentrou por inteiro nEla.
As aparições de Lourdes se inserem numa série de aparições de Nossa Senhora no século XIX, que são as mais célebres dessas aparições.
A aparição de Lourdes, portanto, está num pontilhado de aparições que são como que, nas noites extremas de nossos dias, uma clarinada do Reino de Maria, pontos alvos anunciando que o Reino de Maria virá!
Nós nunca devemos nos esquecer que as doenças do corpo, no Evangelho, são tratadas como sendo símbolos das doenças da alma.
Nosso Senhor Jesus Cristo não veio à terra para salvar corpos, Ele veio à terra para salvar almas.
E Nosso Senhor quis que a maior fonte de milagres e curas que houve na História da Igreja, na História do mundo, fosse num santuário consagrado a Nossa Senhora (Lourdes). Quer dizer que, Ele quis que aquelas curas todas só fossem obtidas sob a égide de Nossa Senhora, depois de uma aparição de Nossa Senhora, como uma graça de Nossa Senhora, e mediante um pedido feito a Nossa Senhora. Ou seja, Ele quis que todas essas curas estupendas passassem pelas mãos dEla.
Há quem não compreenda que os favores materiais que Deus dá são de fato favores.
Mas que só são verdadeiramente favores, na medida em que levam a nossa alma a desejar os favores espirituais, as graças para a alma.
Se não houvesse doença na terra, o inferno estaria muitíssimo mais cheio do que está, pois pelo sofrimento Deus purifica e salva muitas almas.
 Mas Ele cura para que? Para fazer sentir às pessoas a bondade e a mediação dEla. E para lhes estimular o desejo de se curarem dos males, das doenças da alma, para adquirirem os bens da alma; é para isso que Ele faz. E é assim que a coisa deve ser vista.
Sim, é Vontade de DEUS que recebamos tudo por MARIA.
Vontade de DEUS que a primeira Graça da Redenção, na ordem sobrenatural, outorgada a São João Batista, ainda no seio materno, fosse concedida por intermédio de MARIA.
Vontade de DEUS que os pastores e Reis Magos encontrassem o Menino JESUS nos braços de MARIA.
Vontade de DEUS que o primeiro Milagre, na ordem natural, fosse feito por JESUS, a pedido de MARIA, nas bodas de Caná.
Vontade de DEUS que a Virgem fosse Co-Redentora ao pé da Cruz. Vontade de DEUS que os Apóstolos se preparassem e recebessem o ESPÍRITO SANTO com MARIA MÃE de JESUS.
E essa Divina Vontade continua agora a conceder Graças e favores do Céus, somente por intermédio de Sua MÃE Santíssima, que constituiu Medianeira de Todas as Graças.
A mediação dos Santos é real e verdadeiramente forte já que eles vivem a Glória de estar com Cristo nos Céus, e seguindo de novo o apóstolo Paulo quando diz: "Exorto, pois, acima de tudo que se façam pedidos, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens (1 Tim 2,1)", os cristãos têm a necessidade de orar para viver o amor reconciliador que nos ensinou Jesus ao nos abrir as portas da Casa do Pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com