Consiste em dois pedaços de pano marrom, unidos entre si por um cordão. Um pedaço de pano traz a estampa de Nossa Senhora e o outro a do Sagrado Coração de Jesus, ou o emblema da Ordem do Carmo. A palavra latina “scapulas” significa ombros, daí designar-se Escapulário este objeto de devoção colocado sobre os ombros. No século XI, um grupo de homens dispostos a seguir Jesus Cristo, reuniu-se no Monte Carmelo, em Israel. Ali construíram uma capela em honra de Nossa Senhora.
Este local é considerado sagrado, desde tempos imemoriais (Is 33,9;35,2; Mq 7,14), e se tornou célebre pelas ações do profeta Elias (1 Rs 18). A palavra "Carmelo" quer dizer jardim ou pomar. Nasciam ali os carmelitas, ou a Ordem dos Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo.
Tempos depois, os carmelitas mudaram-se para a Europa e como já existiam outras ordens também mendicantes, eles não foram bem recebidos e encontraram grandes dificuldades, passando até pelo risco de extinção.Foi então que o Carmelita Simão Stock, homem penitente e de grande santidade, foi eleito Superior Geral da Ordem. Angustiado com a situação em que se encontravam os seus irmãos carmelitas, começou a suplicar incessantemente a Nossa Senhora que protegesse a sua Ordem com esta oração:
"Flor do Carmelo
vinha florida
esplendor do Céu
Virgem fecunda
Ó mãe terna!
Intacta de homem
aos carmelitas
proteja ó
Estrela do mar"



Assim, no dia 16 de julho de 1251, quando rezava em seu convento de Cambridge, Inglaterra, Nossa Senhora apareceu-lhe com o menino Jesus nos braços e rodeada de anjos. Apresentou-lhe, então, um escapulário, dizendo: “Recebe, filho muito amado, este escapulário da tua ordem, sinal de minha confraternidade. Será um privilégio para ti e para todos os Carmelitas. Todo o que com ele morrer não padecerá do fogo eterno. Ele é, pois um sinal de salvação, defesa nos perigos, aliança de paz e de pacto eterno”. Transformou-se assim num sinal mariano.


O Escapulário é imposto só uma vez por um sacerdote ou uma pessoa autorizada.Pode ser substituído por uma medalha que represente de uma parte a imagem do Sagrado Coração de Jesus e da outra, a Virgem Maria.O Escapulário compromete com uma vida autêntica de cristãos que se conformam às exigências evangélicas, recebem os sacramentos, professam uma especial devoção à Santíssima Virgem, expressa ao menos com a recitação diária de três Ave Marias.

O ESCAPULÁRIO DO CARMO NÃO É:
Um sinal de protecção mágica, um amuleto;
Uma garantia automática de salvação;
Uma dispensa de viver as exigências da vida cristã.

Estava orando o Papa João XXIII, quando a Virgem lhe apareceu, vestida de hábito carmelita, e prometeu tirar do purgatório, no sábado depois da morte, todos que morrerem usando o Escapulário. Maria disse ao Papa: “Eu, Mãe de misericórdia, livrarei do purgatório e levarei ao céu, no sábado depois da morte, aos que estiverem usando meu Escapulário”.Tal é o Privilégio Sabatino, outorgado pela Rainha do Purgatório, a favor de seus confrades carmelitas. O Papa João XXII o promulgado na Bula Sabatina (3 de Março de 1322), que foi aprovada depois por mais de vinte Sumos Pontífices.


"Maria foi dada ao mundo – continua ele – a fim de que por seu intermédio, como por um canal, até nós corresse sem cessar a torrente das graças divinas"

RECEBA UMA ESTAMPA DA VIRGEM DE GUADALUPE
MANDE SEU NOME E ENDEREÇO PARA O E-MAIL:
devotossaosebastiao@ig.com.br

2 comentários:

  1. Your blog is very nice and interesting!:)

    ResponderExcluir
  2. Seu Blog estar lindo!!!!

    Nossa Mãe do Céu Merece tudo.
    Vamos continuar amando, e elevando sempre o nome
    de Maria. (Tudo com Jesus, nada sem Maria!!!!)

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com