POR QUE USAMOS VELAS ?
O uso de velas (ou coisa parecida) está registrado tanto no Antigo como no Novo Testamento!
A Bíblia diz que Deus é luz, e n'Ele não há treva alguma. Quando o apóstolo João disse, " Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam" (Jo.1,4) ele estava se referindo a Jesus que veio ao mundo. As velas representam a presença de Jesus, luz do mundo (Jo.8,12)
Jo 9:5 "Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo."
O próprio Deus ordenou que no lugar sagrado fosse colocado um candelabro de ouro, conhecido como 'menorah' e um dos símbolos mais comuns do Judaísmo.
A decoração era tão primorosa e detalhada, que Deus ordenou que somente artesãos altamente qualificados e ungidos pelo Espírito Santo poderiam fazer isto.
Duas vezes diariamente, manhã e à tarde, um sacerdote trocava um pavio, e enchia as luminárias com puro azeite de oliveira batido para as luminárias.
(Ex 30:7).
Todo dia e toda a noite, estas sete luminárias constantemente iluminaram a glória do Santo Lugar e especialmente na mesa dos pães da proposição, como uma lembrança de que a presença de Deus sempre está com o seu povo.
Os Rabinos interpretam a luminária como um símbolo de Israel cuja missão é se tornar uma "luz às nações" (Is 42:7).
Sobre a arca da aliança havia uma luminária eterna queimando. Ao lado da arca estava um menorah com sete hastes.
Velas são próprias para iluminar um ambiente de celebração. Sua luz é meiga e suave. Pode-se olhar para ela sem que os olhos cheguem a doer. E nisso podemos nos lembrar de que fomos chamados das trevas para a sua maravilhosa luz.
(1 Pe 2.9).
Velas acesas favorecem a meditação. Diz-se que três velas sobre o altar representam a Divina Trindade.
Ao brilhar para o mundo, Cristo sacrificou sua vida, a luz iluminou as trevas, mas a vela ao brilhar vai se consumindo. Assim também o nosso brilhar no mundo tem a ver com a cruz, com a disposição para formas de testemunho que também significam sacrifício, por amor de Cristo.
As velas, os paramentos e os símbolos que vemos nas igrejas são ajudas concretas para a interpretação e a memorização da mensagem do evangelho.
“Farás um candelabro de ouro puro… Far-lhe-ás também sete lâmpadas. As lâmpadas serão elevadas de tal modo que iluminem diante dele” (Ex 25, 31.37)
“O Senhor se refere à luz que brilha sobre um candeeiro”
(Mt 5, 15)
“Cristo aparece entre candelabros (Ap 1, 13; 2, 1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com