“BUSCAI O SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR!.” (Isaías 55.6)
Vinde a Mim, vós que estais cansados e oprimidos e EU vos aliviarei, disse Jesus!
«Deus fez o homem à Sua imagem e à Sua semelhança» (Gn 1, 26)… Cabe-nos pois a nós refletir, para o Nosso Deus, para o nosso Pai, a imagem da Sua santidade…e, para que não inscrevamos em nós a imagem do orgulho, deixemos que o próprio Cristo pinte em nós a Sua imagem.
Muito frágil é a paz que se pode perder por uma palavra apressada ou uma pequena mágoa infligida a um irmão.
«A plenitude da lei é o amor» (Rm 13, 8).
 Quando o buscamos de coração sincero, não encontramos necessariamente o que para nós é de suma importância no momento, ou seja, o atendimento das nossas orações, pois para o Senhor isso não tem prioridade.
O essencial é que nos acheguemos ao Senhor. E, ao encontrarmos o Senhor, encontramos tudo! Assim teremos encontrado a resposta aos nossos anseios. Quando O encontramos, possivelmente nossos problemas, perguntas e dificuldades ainda não estarão solucionados, mas estaremos interiormente libertos dos problemas e conseguiremos nos distanciar das dificuldades.
Quando o encontramos, Ele age em nossa vida. O Senhor nos diz: “…o que me acha acha a vida.”
"Em torno de 16% da população mundial entre 15 e 64 anos utiliza drogas, enquanto 1% consome estimulantes do grupo anfetamínico, cocaína e opiáceos”, diz o relatório das Nações Unidas. “O consumo de heroína é problema em 75% dos países do planeta”. Já o uso abusivo do álcool é grande também desde a adolescência, invadindo as universidades e as rotinas familiares. A venda de tranquilizantes no Brasil, por exemplo, bate recordes em todo o mundo, mesmo com receita médica.
Essa busca pela “paz interior” — mesmo provisória e com sérias consequências para a saúde e para a alma — é agravada por outros fatores que compõem o painel quase surrealista da sociedade moderna longe de Deus e dos valores defendidos pela Santa Igreja.
É muito comum que as pessoas se voltem para Deus nos momentos difíceis, de angústia e de sofrimento, e nesses momentos é certo que na busca não temos por objetivo e fundamento um encontro com Deus, mas sim a solução imediata dos nossos problemas ou do que ele pode fazer em nosso favor.
(Deuteronômio 5:10) - "E faço misericórdia a milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos." 
Deus é justo, ele usa de um procedimento de avaliação quando o buscamos, e os parâmetros com certeza se baseiam nos estado emocional da alma no momento em que nos encontramos quando o buscamos, e a partir de nossa condição ele começa a agir, e a primeira coisa que ele faz é trazer o alivio e a paz que nos falta, mas seu objetivo é sempre nossa salvação eterna!

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”
(S.João 3:16)

Um comentário:

  1. Maravilhoso texto e belíssima imagens.
    Que Jesus continue nos abençoando aravess de vocês

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com