.

.
MARIA E A RENOVAÇÃO DA IGREJA
Toda autêntica renovação da Igreja deve vir acompanhada de um aumento do amor à Santíssima Virgem. Quem não compreende isto, fica na superfície das mudanças.
Hoje em dia, existem opiniões opostas sobre a importância atual da Santíssima Virgem. Alguns creem que, para ser um cristão moderno, é preciso deixar de lado estas antigas devoções de nossos avós. Segundo eles, a Mãe de Deus, os Santos e outras coisas mais já passaram de moda.
 Para ser um cristão moderno, é preciso abandonar realmente todos esses costumes religiosos de antes? O que nos interessa, concretamente, é saber se a Mãe de Deus e a devoção a Ela têm importância para a Igreja renovada e para o mundo de amanhã.
Todos nós sabemos que a Igreja está num processo de rápidas mudanças. E deve ser assim: se o mundo muda, a Igreja deve ir se adaptando a sua nova mentalidade.
A verdadeira renovação se produz apenas quando há um crescimento interior, no espírito. Sem isso, as formas novas não são mais que formas ocas.
Certo, as formas em que expressamos, hoje em dia, nosso carinho a Maria, podem ser diferentes das de ontem. Mas se nosso amor a Ela não cresce, então não podemos falar de renovação da Igreja. Não há vida nova, aonde não há amor novo.
Na Mãe de Deus resplandece justamente todo esse espírito novo que a Igreja necessita para enfrentar os problemas do mundo de hoje e para construir o mundo de amanhã.
Maria como o Grande Sinal no céu nos indica o único caminho de renovação verdadeira, e que nos dá forças para vencer todos seus obstáculos e perigos.
Assim a Igreja de hoje se converte, com Ela e como Ela, em Grande Sinal de salvação para nosso tempo.
Olhemos, por isso, para esse Grande Sinal no céu, para nos deixar penetrar por sua luz! Descubramos, Nela, a imagem da Igreja do futuro, dessa Igreja mariana que deseja o Espírito Santo! Descubramos, na luz da Santíssima Virgem, também a imagem do homem novo, que em Maria se fez perfeita realidade. Construamos, renovados no espírito da Mãe de Deus, a Igreja e nossa sociedade!

Um comentário:

  1. O ano xa comeza a coller carreira e pró seguinte mes, marzo, celebrarémo-la Anunciación de Nazaret.

    "Primeiro foi o Anxo que falou a María:
    nove meses de soño ata que veu o Dia.
    Pasou a primavera --que ben frolecía--,
    pasou tamén a sega --que moito pan había--,
    i agosto, i o magosto dourado,
    i o viño novo na cunca, na adega, foi catado...
    I estando o outo cume de outo neve nevado,
    a María, en Belén, o noveno mese lle foi contado:
    ¡Nasceu Don Xesucristo...!
    ¡De todos é loubado!"

    (Poema en galego de Álvaro Cunqueiro, pode que un chisco esgazado por mor da memoria)

    Saúdos

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com