.

.
A NOVA EVA
Se por uma mulher (Eva) entrou o pecado no mundo, por outra mulher (Maria) entrou a Salvação!
Através da Virgem Maria foi restaurado o plano inicial de Deus para a humanidade, daí a necessidade de Maria ser livre de todo pecado, ela foi a restauração de Eva em seu modelo original.
Já que uma mulher contribuiu para a queda do gênero humano, outra mulher contribuirá para a salvação do mesmo gênero. Deus usa uma forma de recapitulação, o que houve na queda, haverá também na restauração.
Deus criou adão e Eva, cumulando-os de dons maravilhosos: eram imensamente felizes, inclinados ao bem, isentos de enfermidades e da morte. Deu-lhes ainda o maior de todos os dons: a graça, que os fazia filhos de Deus e herdeiros do paraíso.
Para provar-lhes a fidelidade, proibiu-lhes Deus comerem do fruto da árvore do bem e do mal. Mas o demônio, tomando a forma de serpente, tentou Eva para colhê-lo e come-lo. Eva atendeu ao demônio, comeu daquele fruto e deu-o depois a Adão, que também comeu.
 
Cometeram assim o primeiro pecado e Deus castigou-os imediatamente.
Perderam a graça e todos os outros dons, tanto para si como para seus descendentes; foram expulsos do paráiso terrestre e o Senhor fechou-lhes também as portas do Céu.
Como poderia o homem reconquistar a graça, tornar-se novamente filho de Deus e salvar-se do inferno? 
O Pai Celeste mandou seu Divino Filho para redimi-lo e reabrir-lhe as portas do Céu. Hoje existe um corpo masculino e feminino no céu que é Jesus ressuscitado e Maria Santíssima em corpo glórioso como era Adão e Eva no Paraiso.
Baseando-se no Apostolo Paulo (Rm 5, 18 – 19) que também usou esta comparação para dizer que Jesus Cristo é o novo Adão:   "Por conseguinte, assim como pela falta de um só resultou a condenação de todos os homens, do mesmo modo, da obra de justiça de um só, resultou para todos os homens justificação que traz a vida. De modo que, como pela desobediência de um só homem, todos se tornaram pecadores, assim, pela obediência de um só, todos se tornarão justos!"
Eva desobedece a Deus e entrega o gênero humano ao Demônio, Maria Santíssima pela sua obediência restaura todos os povos na amizade com Deus. Torna-se assim, a Senhora de Todos os Povos!
Maria Santíssima desde o século II foi colocada em paralelo com Eva.
Na queda houve um anjo (Lúcifer), uma virgem (Eva) que acredita no anúncio do anjo e um homem (Adão) que desobedece a Deus. Na restauração houve também um anjo (Arcanjo Gabriel) e uma virgem (Maria) e um homem (Jesus, novo Adão) que é obediente a Deus até a morte e morte de cruz.
O Apostolo São Paulo diz em I Timóteo 2, 14 “Não foi Adão que foi seduzido, mas a mulher que, seduzida, caiu em transgressão”. Assim como pecado começa em Eva e será consumado em Adão, assim quis Deus que a restauração do homem começasse em Maria Santíssima e fosse consumado no novo Adão que é Jesus Cristo.
É desta maneira que Maria Santíssima faz parte da historia da salvação. Já que uma mulher contribui para a queda, agora outra mulher ira contribui para restauração do homem. Realmente Maria Santíssima é a Nova Eva. Quando
Arcanjo Gabriel no momento da Anunciação à Santíssima Virgem diz: “Ave”. Se, se escreve “Ave” de trás para frente, tem-se “Eva”. Deus mudou o nome de Eva para Ave porque Maria Santíssima além de ser a Nova Eva é o oposto daquela que, pela desobediência, entregou o gênero humano ao Demônio, a Santíssima Virgem pela sua obediência o entregou a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com