NOSSA SENHORA - MÃE DE DEUS FEITO HOMEM!
São Cirilo de Alexandria (U444) escreveu: " Tenho ficado espantado que alguns, ultimamente, puseram em dúvida se a Virgem Maria poderia ser chamada ou não a Mãe de Deus. Porque, se Nosso Senhor Jesus Cristo é Deus, como a Virgem Maria, que O gerou, não seria a Mãe de Deus?
São Cirilo de Alexandria fez, no Concílio de Éfeso, um discurso admirável, resumindo o que se acreditava sobre a Virgem Maria até então: 
"Salve, Ó Maria, Mãe de Deus ! Vós enclausurastes em vosso sagrado seio o Deus Único que é incontenível. Ó Maria, Mãe de Deus ! Com os pastores nós cantamos o louvor de Deus, e com os anjos o canto de agradecimento: Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade. Ó Maria, Mãe de Deus! Por meio de ti nos veio o Conquistador e Vencedor triunfante do inferno"


Santo Atanásio (295-386) o grande defensor da divindade de Cristo Jesus contra os hereges arianos, proclamou também a virgindade perpétua de Maria Santíssima.
"Jesus tomou carne da sempre virgem Maria".
Dídimo, o cego (U380), que foi mestre de São Jerônimo, escreveu a respeito de Nossa Senhora:
"Mesmo depois do nascimento, ela permaneceu sempre e para sempre virgem imaculada".
Quanto a Maria santíssima ser a medianeira de todas as graças, isso também decorre da Escritura e da Tradição.
Evidentemente, Cristo é o único mediador absolutamente necessário de nossa redenção, porque só Ele, sendo Deus e Homem, poderia ter méritos infinitos para pagar a dívida infinita do pecado de Adão.
Entretanto, Ele quis vir nos redimir por meio de Nossa Senhora. Ele poderia ter vindo ao mundo de qualquer outro modo, poderia ter escolhido qualquer outro meio. Escolheu a Virgem Maria.
"Maria foi um instrumento para que Jesus fosse gerado em seu ventre."Foi então por meio da Virgem Maria que nos vieram todas as graças. E quem é meio, é mediador.
Maria é mediadora secundária, por mediação hipotética, isso é, mediadora por que Deus quis - foi sua vontade - vir a nós por meio de Maria.
 Por isso ela é - por vontade de Deus - a mediadora de todas as graças. Assim, se lê em São Lucas:"Aconteceu que, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou em seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo" (Luc. I, 41). Até acima dos anjos, pois está na Bíblia que o anjo saudou a Maria e não ao contrário. Até a anunciação do Anjo a Maria, sempre que na Escritura Sagrada se fala que um anjo aparece a uma pessoa humana, é essa que saúda o anjo. Com Maria se dá o oposto: é o anjo que saúda aquela que Deus escolheu para ser sua Mãe.
Portanto, a Virgem Maria é superior aos anjos em graça e em glória.
 Em Caná, foi a pedido de Maria que Cristo transformou a água em vinho.
O primeiro milagre na ordem sobrenatural - a santificação de São João, no seio de Isabel - veio por meio da voz de Maria Santíssima. O primeiro milagre de Cristo, na ordem natural - o vinho das bodas de Caná - foi a pedido de Maria.
QUEM entrará no céu, tendo ódio à Mãe de Deus?
Que filho receberia em sua casa aquele que ofendeu sua mãe?
A Virgem Mãe de Deus é sim a PORTA DO CÉU.
É Porta do Céu, porque foi por essa porta - como explicou Santo Ambrósio - foi por essa porta que Deus desceu até nós. Portanto, para ir até Deus é preciso passar por essa mesma porta. Por Maria, Cristo veio ao mundo. Só por Maria se vai do mundo até Cristo, no Céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com