SCHOENSTATT - RUMO AO CENTENÁRIO EM 2014
Schoenstatt originou-se com a Aliança de Amor que o Padre Kentenich (1885 - 1968), fundador do movimento, selou pela primeira vez no dia 18 de Outubro de 1914 com a Virgem Maria no Santuário.
 O Movimento, fundado pelo Padre Kentenich, tem como objetivo a renovação religiosa e moral do mundo, por meio da educação de homens novos, por isso, colabora principalmente para as pessoas a conseguirem uma auto-educação a fim de melhorarem as suas vidas e a formarem-se como pessoas fortes, livres e responsáveis.
O centro de espiritualidade do Movimento é o santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, no qual Maria está presente como a grande educadora, com a missão de gerar novamente Cristo no coração de muitas pessoas. Ali ela oferece especialmente a graça do abrigo espiritual, da transformação interior e da frutuosidade no apostolado.
 As pessoas buscam em Schoenstatt orientação e renovação de forças para viver a sua fé Católica na vida diária; e "contagiar" o mundo com o amor de Jesus.
Schoenstatt é uma região da cidade de Vallendar, próximo de Coblença, Alemanha. É o centro e origem mundial do Movimento. Diariamente, peregrinos do mundo inteiro vão ao Santuário Original, considerado um lugar mariano de peregrinação.
O Padre Kentenich passou vários anos no campo de Concentração de Dachau e seu amor pela Igreja foi duramente provado em tempos de pouca compreensão hierárquica às novas correntes espirituais e vitais. Faleceu no dia 15 de Setembro, na Igreja da Adoração sobre o Monte Schoenstatt, em 1968. Por meio da Campanha da Mãe Peregrina unem-se atualmente a Schoenstatt milhões de pessoas em mais de 90 países e presentes nos 5 continentes.
 A Mãe de Deus é venerada no Santuário em Schoenstatt e em todos os Santuários Filiais espalhados pelo mundo como a "Mãe Três Vezes Admirável" (em latim: Mater ter admirabilis- MTA). A Família de Schoenstatt recebeu este nome da Congregação Mariana que no séc. XVI florescia em Ingolstadt junto ao Danúbio. A imagem - cópia dum quadro do pintor italiano Crosio, de há dois séculos - chegou em 1915 ao Santuário.
O Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt em Vallendar junto ao Reno é o centro e o ponto de partida da Obra de Schoenstatt. Trata-se duma pequena capela implantada em apenas alguns metros quadrados.
Dedicada inicialmente a São Miguel, ela foi ao princípio a capela do cemitério do antigo convento de Schoenstatt. Destruída por duas vezes, em 1633 e 1812. Em Julho de 1914 a capela foi entregue ao cuidado da Congregação Mariana do Seminário de Schoenstatt. Diferentemente dos restantes Santuários de Schoenstatt espalhados pelo mundo, este Santuário em Schoenstatt é apelidado de "Santuário Original" pela Família de Schoenstatt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com