JUVENTUDE CATÓLICA
"A JUVENTUDE NÃO FOI FEITA PARA O PRAZER,
MAS PARA O HEROÍSMO!"

"O jovem é como uma árvore que cresce: para se desenvolver bem precisa de raízes profundas que, em caso de tempestades de vento, o mantenham bem firme no terreno. Assim, também a imagem do edifício em construção faz presente a exigência de fundamentos validos para que a casa seja sólida e segura" (Bento XVI)

A juventude tem uma força espetacular qual talvez ela própria certamente não saiba, e é justamente esta força que precisamos despertar em nossos jovens. A juventude se atrai pelo que é jovem, precisamos levar ate eles a Igreja jovem que muitos ainda não conhecem, e desta forma facilitar o relacionamento entre a juventude e sua fé, muitas vezes questionada por eles mesmos.

"Existem muitos jovens vazios, porque faltam adultos transbordando"
Em função desta frase triste, porém verdadeira, queremos nós também contar com a ajuda principalmente da família neste trabalho de Evangelização consciente de nossa juventude para que não se tornem "Crismandos de ocasião" apenas.É de suma importância que a família trabalhe em comunhão com a Igreja no importante trabalho de formação Cristã de nossos jovens através do testemunho de vida familiar, com a participação efetiva dos pais na educação religiosa de seus filhos.

Declaremos um jejum de santidade, pois o que engorda o diabo são as almas que ele está conquistando para o inferno. Precisamos dar as almas para Deus, pelas mãos de Maria! Não sejamos acomodados, não podemos mais aceitar passivamente que nossos jovens troquem o Deus de milagres, o Deus da vida, o Deus que nos sustenta nas nossas dificuldades, nos sofrimentos, e que tem o céu como promessa, a vida eterna com Ele, pelo enganador que é satanás. Ore com intensidade, não desanime!
“Jovens: sois fortes, a palavra de Deus permanece em vós, e vencestes o maligno”. (1 Jo 2, 14).
A oração e os sacramentos nos dão a força para realizar o que não poderíamos fazer sozinhos. Nos permitem realizar a nossa vocação cristã de adorar, amar e servir a Deus. Sem uma sólida vida interior, a ação do apóstolo é vã. Primazia da contemplação sobre a ação.
“A oração é uma alavanca para levantar o mundo”.


É indispensável uma sólida formação doutrinal. Essa é obtida pelo estudo, reflexão e aprofundamento dos princípios naturais como das verdades sobrenaturais da fé.

A sociedade está em crise (desintegração familiar, perda das referências tradicionais, violência, decadência da arte, etc.); a Igreja mesma não escapa da crise universal (perda da Fé, diminuição da prática religiosa, do número de vocações sacerdotais e religiosas, etc.).
Nesta situação, o mais grave é sem dúvida a perda da Fé já que, como disse Nosso Senhor Jesus Cristo: “Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.” (Mc 16, 16). Então ecoa em nossas almas a palavra de São Paulo: “Como acreditaram se ninguém lhes predica?”. Batizados, temos recebido a fé como um tesouro. Crismados, nos tornamos aptos para professá-la. Em algo, então, somos responsáveis da salvação do próximo. Mas, que fazer concretamente, e como fazê-lo?

“Toda ação procede de um amor. Não existe nenhuma ação que não esteja dirigida pelo desejo de algum bem, que esta mesma ação se propõe alcançar”.

“É pelas obras que o homem é justificado, e não apenas pela fé (...). Assim como o corpo sem a alma é morto, da mesma maneira, a fé sem as obras é morta”.
Numa época em que o relativismo e o modernismo tomam conta de toda a sociedade e, desgraçadamente, invade também o interior da Santa Igreja Católica. “Toda religião salva”, “Todos temos o mesmo Deus”, “O que importa é o amor...” são algumas frases da moda em nossos dias. No entanto, sabemos que as coisas não são tão simples assim. Em um momento tão delicado e confuso, vemos a todo o tempo nossos irmãos católicos, perdidos, sem fé, desnorteados, como ovelhas sem pastor. E o pior de tudo, sendo enganados e seduzidos pelos mais variados tipos de seitas infiltradas em nosso país.
“Fora da Igreja não há salvação!” É o grito que a Tradição bi milenar da Igreja sempre bradou aos quatro cantos e que hoje querem a qualquer custo calar.


Jovens católicos do nosso século sejam firmes e, juntos vamos combater o mal que vem matando as almas do povo brasileiro. Exortamos a todos que participem da “Cruzada do Rosário” contra as seitas e suas influências.
Confiantes em Cristo e na intercessão de Nossa Senhora de Guadalupe.

Intenções pelas quais é preciso rezar:
Intenção Principal - “Pelo fim das seitas e de suas influências em todo mundo”
Intenções Secundárias - “Pelas quatro intenções do Santo Padre: 1ªexaltação da Santa Madre Igreja católica; 2ª extirpação das heresias no mundo; 3ªconversão dos pobres pecadores e 4ªpaz entre os povos”
- “Pelas vocações sacerdotais e religiosas no mundo e pelo Triunfo do Imaculado Coração de Maria”


Um comentário:

  1. Barbara essa gravação!
    Pe Barone www.divinosalvador.com.br

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENÁRIO OU ESCREVA PARA NÓS PELO E-MAIL:
apostolosdarosamistica@hotmail.com